segunda-feira, 28 de agosto de 2017

CORRELAÇÕES


Surgiu recentemente nos MCS uma jovem senhora a correlacionar "menos acendimentos com mais  área ardida" e a concluir que um tal desvio revelaria falta de coordenação no combate aos fogos florestais.  Apressada e parcial conclusão! No momento em que  meios oficiais falam em  95% de causa humana (intencional ou negligente, mas em ambos os casos criminosa) caberá perguntar se esse mesmo desvio não poderá, antes, traduzir uma mais refinada astúcia por parte de quem comete o crime?

Aliás ao perfil-tipo do pirómano que dominantemente nos é apresentado, e que sempre prima por uma visão redutora de personalidade, conviria acrescentar uma aoutra figura: a do consciente e intencional  mandado -- e, por isso, alargar a investigação  para que o peso da justiça igualmente recaia sobre eventuais mandantes que possam existir..

Imagem: corrtesia a Columbia.edu